Mandamentos: Will Self

1 –  Não olhe para trás até ter escrito um esboço completo, apenas começando a cada dia da última frase que você escreveu no dia anterior. Isso evita que esses sentimentos servis e significa que você tem um corpo substancial antes de mergulhar no verdadeiro trabalho real, que é tudo. . .

2 – A edição.

3 – Sempre carregue um notebook. E eu digo sempre. A memória de curto prazo só retém as informações por três minutos. A menos que seja colocada no papel, você pode perder uma idéia para sempre.

4 – Pare de ler ficção – que é tudo mentira mesmo e não tem nada para lhe dizer que você já não sabe (supondo, isto é, que você leu uma grande dose de ficção no passado. Se não leu, não é seu negócio, pela razão que for, ser um escritor de ficção).

5 – Sabe aquela sensação nauseante de inadequação e excesso de exposição que você sente quando olha para a sua própria prosa arroxeada? Relaxe com a consciência de que essa sensação medonha nunca, jamais irá deixá-lo, não importa o quão bem sucedido e elogiado publicamente você se torna. É intrínseca ao negócio real da escrita e deve ser valorizada.

6 – Viva e escreva sobre a vida. Não há, de fato, um fim para o que deve ser o tema de livros, mas há mais do que bastante livros sobre livros.

7 – Da mesma forma, lembre quanto tempo as pessoas passam assistindo TV. Se você estiver escrevendo um romance contemporâneo, precisa de longas passagens onde nada acontece exceto ver TV: “Mais tarde, George assistiu Grand Designs, enquanto comia HobNobs. Mais tarde, ele ainda assistiu o canal de compras por um tempo….”

8 – A vida de escritor é essencialmente um confinamento solitário – se você não consegue lidar com isso, não precisa tentar.

9 – Oh, e não esquecendo o espancamento ocasional administrado pelos sádicos guardiões da imaginação.

10 – Considere-se uma pequena empresa de uma pessoa só. Participe de atividades externas ao ar livre (caminhadas longas). Faça uma festa de Natal a cada ano, gritando, no canto do seu escritório, bem alto para si mesmo enquanto bebe uma garrafa de vinho branco. Então se masturbe debaixo da mesa. No dia seguinte, você vai se sentir um profundo e coerente embaraço.

No The Guardian.

About Alexandre Rodrigues

Alexandre Rodrigues não acredita no terceiro segredo de Fátima.
This entry was posted in Insanidade. Bookmark the permalink.

One Response to Mandamentos: Will Self

  1. Delfin says:

    notebook – bloquinho🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s