Os zumbis – Donald Barthelme

(Decidi não deixar a década terminar sem traduzir meu conto favorito dele).

Em uma ventania, as folhas caem das árvores. Os zumbis vagam à toa, dizendo: “Lindo dia!” “Certamente é!” Os zumbis vêm comprar esposas dos habitantes desta aldeia, a única aldeia das redondezas que vende mulheres aos zumbis. “Lindo dia!” “Certamente é!” Os zumbis trouxeram muito gado. O preço de uma noiva para um zumbi é exatamente o dobro do preço para um homem comum. O gado também é zumbi e os zumbis vivem aterrorizados a evitar que o povo da aldeia descubra.

Estes são zumbis bons. Gris Grue disse. Eles estão pintados quase inteiros de branco. Zumbis maus andam sem pintura e choram pelos seus narizes, as narinas expelindo lágrimas. O chefe da aldeia chama a atenção dos zumbis para os finos edifícios de tijolos da aldeia, alguns com a altura de mil tijolos – filhas espreitando nas janelas, plantas verdes em outras janelas, e em outras, filhas. “Você tem que prometer não contar ao bispo”, dizem os zumbis, “prometa não dizer ao bispo. Dia bonito, é, certamente”.

Os zumbis pintados de branco conversam loucamente, na praça da aldeia, em uma imitação de júbilo. “Comprei um casaco novo!” “Você comprou!” “Sim, comprei um casaco novo, este casaco que estou usando, eu acho que é muito bom!” “Ah é, é, sim, eu acho”. O gado escoiceia a cerca de arame do curral. O beijo de um animal agonizante, um cavalo ou um cão morrendo, transforma um homem comum em um zumbi. O dono da sorveteria tem duas filhas. O fazendeiro casca-grossa tem cinco filhas, e o capitão do time de futebol, cujos pais estão mortos, tem uma irmã. Gris Grue não está. Está longe, em outro lugar, procurando um remédio para envenenamento por beladona. Um zumbi com um termômetro retal rasteja pelo curral, sob as barrigas de animais grandes e marrom-azulados. Alguém diz que o bispo foi visto em seu carro a toda velocidade em direção à vila.

Se um zumbi mau pegar você, ele vai chorar em cima de você ou tirar o seu uísque ou ferir os ossos de sua filha. Há filhas demais na praça, nas janelas dos prédios, mas não maridos o suficiente. Se um zumbi mau pegar você, vai arranhar sua pintura branca com furadores e arados. Os bons zumbis gingam e dançam. “Você viu aquela mulher? Será que ela quer se casar comigo? Eu não sei! Oh, que dama bonita! Será que ela quer se casar comigo? Eu não sei!” O distribuidor levou um barril de cerveja para a praça. O professor local de canto está cantando. Os zumbis dizem: “Época maravilhosa! Lindo dia! Cantar Maravilhoso! Excelente cerveja! Será que a mulher quer se casar comigo? Eu não sei!”. Com um vento forte, as folhas caem das árvores, das árvores.

O herói dos zumbis Gris Grue disse: “Há bons e maus zumbis, assim como há bons e maus homens”. Gris Grue disse que muitos dos zumbis que ele conheceu eram claramente zumbis do tipo antigo e, portanto, eminentemente adequados, na sua opinião, para exercer o comércio, comandar empresas, ter importantes cargos no governo e participar dos mistérios do Batismo, Confirmação, Ordenação, Matrimônio, Penitência, Eucaristia e Extrema Unção. O bispo disse não. Os zumbis enviaram muitas cabeças de gado para o bispo. O bispo disse: tudo menos Ordenação.

Se um zumbi mau pegar você, ele irá criar tumulto em sua bexiga. Os zumbis maus destruíram o carro do bispo com uma vaca morta à noite. De manhã, o bispo teve que empurrar a vaca morta de volta pelo pára-brisa e cortou a mão. Gris Grue decide quem é um zumbi bom e quem é um zumbi mau, quando ele está ausente, sua sogra decide. Um zumbi avança para um grupo de finas filhas a florescer e descreve, com muitos movimentos das mãos e dos braços, os cafés da manhã que podem esperar na casa de um zumbi.

“Segunda-feira!”, diz ele. “Laranjas fatiadas bolinhos de aveia cozidos rãs fritas rabanetes batata agrião salpicão de frango grelhado primavera bolos manteiga xarope (vou usar xarope, mas é syrup) e café com leite! Terça-feira! Passas com filé grelhado batatas fritas aipo rolinhos frescos manteiga e café com leite! Quarta-feira! Figos gelados Pargo (um tipo de peixe) à milanesa com molho tártaro batatas chips presunto cozido ovos mexidos torrada francesa e café com leite! quinta-feira! Bananas com creme de aveia patassas (mais um tipo de peixe, este minúsculo da América do Norte. O nome é de origem indiana) fígado frito com bacon ovos cozidos com torradas waffles com xarope e café com leite! sexta-feira! Morangos com creme de ostras na torrada aipo frito perca à lyonnaise pão de batatas com calda e café com leite! sábado Melão gelado com grãos de aveia cozidos omelete com ervas e tripas azeitonas picadas bolos com calda e café com leite! ” O zumbi dá um longo suspiro. “Domingo!”, diz ele. “Pêssegos e creme de aveia amassada com leite espanhol fervido cavala grelhada com molho de maitre d’hotel cremoso biscoitos batidos de frango grelhado galinhola bolos ingleses de arroz batatas à La duchese ovos Benedict ostras em meia concha assadas costeletas de carneiro com bolo calda e café com leite! E champagne importado!” Os zumbis olham ansiosamente para as mulheres, para ver se a proposta agrada.

Uma sacerdotisa vodu (criadora de zumbis) agarra um homem pelos cabelos e força seus lábios até próximo da boca de um gato agonizante. Se você fizer o trabalho pesado para uma delas por dez anos, então está livre, mas continua um zumbi. O carro do Bispo voltou a funcionar bem. Nenhuma filha desta aldeia tem na memória um verdadeiro marido ou algo parecido. As filhas estão cansadas de beijar umas às outras, embora algumas não. Os pais da aldeia estão cansados de pagar pelas máquinas de costura, cômodas e toalhas das filhas. Um zumbi careca diz: “Oh, que moça bonita! Eu seria bom para ela! Sim, eu seria! Eu acho!” Zumbis maus estão encostados às paredes dos edifícios, observando. Zumbis maus podem, por lei, apenas acasalar com carrapatos de ovelhas. As mulheres não querem os zumbis, mas zumbis são o que lhes cabe. Uma mulher diz a outra mulher: “Esses caras são zumbis!” “Sim”, diz a segunda mulher: “Eu vi um homem bonito, sua foto saiu no jornal, mas ele não está aqui”. O zumbi no curral encontra-se a uma temperatura de cento e dez graus.

Os aldeões batem em tambores enormes com esfregões. O bispo chega em seu grande carro com bandeiras brancas episcopais tremulando nos pára-lamas direito e esquerdo. “Proibido, proibido, proibido!”, ele grita. Gris Grue aparece em um trenó prateado e cobre os olhos do bispo com as mãos. No momento do pôr do sol, casais, dois a dois, são casados. O curral estremece enquanto o gado desfalece. As novas esposas se viram para seus maridos e dizem: “Não importa. Isto é o que nós devemos fazer. Nós vamos colar fotografias do homem bonito em seus rostos quando for a hora de ir para a cama. Agora vamos cortar o bolo”. Os bons zumbis dizem, “Vocês são bem-vindas! Vocês são muito bem-vindas! Eu acho que sim! Sem dúvida!” Os zumbis maus escondem carrapatos de ovelhas nos ouvidos do Bispo. Se um zumbi mau pegar você, ele vai machucar sua pele com cinzéis e ancinhos. Se um zumbi mau pegar você, ele vai fazer você passar bem ao lado de um belo par de seios e nem perceber.

About Alexandre Rodrigues

Alexandre Rodrigues não acredita no terceiro segredo de Fátima.
This entry was posted in Conto. Bookmark the permalink.

One Response to Os zumbis – Donald Barthelme

  1. Arthur says:

    Alexandre, sou meio burro, por favor me explica esse conto! (tenho impressão que algo relativo a “zumbificação” das pessoas quanto aos costumes, e fazer o que lhe é esperado ou coisa do tipo)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s