Mr. Darcy, tem um zumbi atrás do senhor

Murilo Rubião só escreveu trinta e três contos, dos quais nunca tinha lido um sequer até ontem à tarde. Tenho essas implicâncias do nada. Durante anos, ouvindo M-U-R-I-L-O R-U-B-I-Ã-O, não gostava do nome. Imaginava uma obra totalmente mineira (essa coisa de reminiscências da infância ou gente bruta falando um português incompreensível ou o sujeito acanhado que se muda para o Rio e gosta de escrever sobre um beija-flor na praça ou o mar à tardinha) para o meu gosto. Nem tinha curiosidade de ver do que se tratava realmente. Não podia estar mais errado.

Ontem um link me levou a este conto. Procurando na internet, também achei este e este. Ainda que alguns idiotas insistam em definir Rubião como precursor do “realismo mágico”, essa praga latino-americana, é muito mais interessante. A comparação com Cortázar não é injusta. Também não o seria com Kafka.

Ao longo de décadas, escreveu e reescreveu os mesmos contos, mudando finais com frequência. O pirotécnico Zacarias, um de seus livros, vendeu 100 mil exemplares.  Só espero os sebos (hoje é feriado em Porto Alegre) para amanhã sair atrás de um exemplar.

***

A primeira reação, vendo o link, foi gritar “PIADA”, mas aqui está o The Guardian para confirmar: existe mesmo Pride and Prejudice and Zombies.

About Alexandre Rodrigues

Alexandre Rodrigues não acredita no terceiro segredo de Fátima.
This entry was posted in literatura. Bookmark the permalink.

One Response to Mr. Darcy, tem um zumbi atrás do senhor

  1. Pardal says:

    É mágico o gosto da humildade ao se vencer um preconceito.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s