Como arruinar uma infância – parte I

Olhando fotos de Eugênio Recuenco, fotógrafo espanhol de moda, a imagem que me veio à cabeça não foi dos filmes de Tim Burton, com quem ele vem sendo muito comparado, mas de O soldadinho de chumbo, que li infinitas vezes na infância. Foi o primeiro livro que li na vida – com cinco anos – e, embora no início não compreendesse todas as palavras, a história me marcou e, principalmente, o medo que tinha dos personagens.

As ilustrações do livro de Hans Christian Andersen não eram nada infantis ou singelas, mas sombrias e assustadoras. O homenzinho que não gosta do soldado era uma mistura de demônio e arlequim, sempre com um sorriso diabólico. O coração de chumbo derretido no fim da história não era apenas da cor cinzento clara, tinha também pedaços das roupas do soldado. O próprio casal não era propriamente belo, com as maçãs do rosto sempre rosadas demais e os lábios com batom criando caretas. Junte-se a isso o fato de o soldado ser perneta. Ele, o menino, a empregada, os cenários, todos pareciam fazer parte de uma versão bizarra do mundo, não de uma história de fadas.

Além de tudo, havia a morte e a vitória do mal. Comparado a Pinóquio e O patinho feio (mais um de Andersen), outros hits da infância, ninguém ressuscita por pelo menos ter tentado ou se torna o mais belo de todos. O final não é moral e nem feliz. É trágico. Um assassinato e um suicídio. O bem, o amor, nada prevalece senão a inevitabilidade. É o mais próximo da vida que uma história infantil já chegou.

About Alexandre Rodrigues

Alexandre Rodrigues não acredita no terceiro segredo de Fátima.
This entry was posted in Fotografia, Livros. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s