Fausto Wolff

Para ficar bem claro: morreu ontem aquele que era o maior escritor brasileiro vivo. Pode não ter sido reconhecido, mas era.

À mão esquerda é a contradição da frase de Antonio Candido de que a literatura brasileira é acanhada. Nem toda.  É ambicioso e não decepciona, como todo livro que realmente vale a pena ser lido.

Se a literatura brasileira conseguisse produzir um livro assim a cada dez ou quinze anos – se pelo menos fosse um pouco mais ambiciosa e menos banal – teria outro lugar no mundo.

About Alexandre Rodrigues

Alexandre Rodrigues não acredita no terceiro segredo de Fátima.
This entry was posted in literatura. Bookmark the permalink.

4 Responses to Fausto Wolff

  1. Regina says:

    Foi um belo escritor, sem dúvida.

  2. bandarra says:

    e o paulo coelho é imortal. merda de mundo.

  3. dante says:

    ontem fiquei sabendo que meu amigo MELEU está morto há mais de ano.

    hoje, isso.

    :~~~~

    o mundo anda muito gripado.

  4. Miguel says:

    Fausto Wolff, lobo solitário (ou nem tanto), quixote do jornalismo neste mundo estúpido (des)governado por vampiros sedentos de poder e de sangue. Grande Fausto, se existe mesmo um outro lado, certamente você encontrará (como queria aquele outro grande alemão, Goethe) luz, muita luz. Esperamos sinceramente que teus ideais um dia se realizem. Até porque ou acordamos para um mundo melhor ou certamente seremos extintos pela própria estupidez. FAUSTO WOLFF! PRESENTE!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s